SecThon com a participação da Rumos

O Secthon é uma iniciativa anual da Multicert, que irá contar com o apoio da Rumos, e é destinada a estudantes universitários, de todos os ciclos de estudos, interessados na temática da cibersegurança!

Esta iniciativa é constituída por três momentos:

Security Summer School

Onde durante três dias, os participantes irão aprender sobre Segurança Digital numa vertente teórica e prática. Este ano, a Security Summer School acontece nos dias 29, 30 e 31 de agosto. As inscrições terminam dia 24.

Inscrições? Aqui!

CyberTalks

Ao longo do mês de outubro serão dinamizadas sessões no âmbito da Segurança Digital em várias escolas a nível nacional.

Estes são os temas que a Rumos irá dinamizar:

CyberTalk Lisboa

DeepWeb e Darknet: Os abismos da Internet

A utilização da Internet banalizou-se de tal forma que hoje faz parte integrante do quotidiano de milhões de pessoas, de todos os escalões etários e, na maior parte dos países do mundo, sem quaisquer limitações. Mas aquilo que o utilizador comum não sabe é que a Web na qual navega todos os dias abrange apenas 1% do volume total de informação disponível, estando o restante apenas acessível aqueles que sabem da sua existência e por conseguinte, conseguem tirar partido das suas potencialidades. Durante este CyberTalk, irei abordar os conceitos de DeepWeb e Darknet, clarificando-os e demonstrando como aceder a estes recursos.

com Rui Natário, 11 outubro das 18h30 às 20h30, no ISCTE-IUL (Lab D112)
as inscrições são reservadas a alunos do ensino superior. Inscrições?
Aqui!

CyberTalk Porto

Appsec: How to Secure Your Web Applications

A segurança informática tem como pilares a tríade CIA – Confidentiality, Integrity e Availability. Uma das vertentes de proteção é a segurança aplicacional, também conhecido como AppSec. Esta área de intervenção tem como objetivo encontrar, resolver e prevenir vulnerabilidades de segurança. Para isso, são usadas diferentes técnicas para as trazer à superfície em diferentes estágios do ciclo de vida de uma aplicação: desenho, desenvolvimento, instalação, atualização e manutenção. Durante este CyberTalk, será abordado o projeto internacional para a segurança aplicacional, o OWASP, e o mecanismo de consciencialização que criaram, o OWASP Top 10. São os 10 riscos de segurança mais críticos. Serão, por isso, explicadas cada uma das problemáticas desse Top 10 e possíveis soluções. Por fim, para aplicações no final do ciclo de vida de desenvolvimento, veremos algumas soluções de testes automáticas ou manuais, que permitem reduzir o risco de insegurança.

com Pedro Tarrinho, 22 outubro das 18h30 às 20h30, no FEUP (Sala B109)
as inscrições são reservadas a alunos do ensino superior. Inscrições?
Aqui!