Microsoft: o fim das certificações baseadas em tecnologia

No ano passado, a Microsoft reformulou, de forma radical, o seu currículo de formação oficial. Empenhada em adaptar este currículo às exigências que as tecnologias online, móvel e cloud, trouxeram às empresas e profissionais de TI, a marca passou a oferecer soluções de formação focadas em funções – e não em tecnologias.

Com esta mudança, a Microsoft pretende ajudar os profissionais a desenvolver os skills para evoluirem num mundo baseado em cloud, cada vez mais acelerado e competitivo, preparando-os de forma adequada a funções reais.

Apareceram assim as formações e certificações Role-Based, e com elas o compromisso da Microsoft em mantê-las atualizadas com os recursos e serviços que forem sendo acrescentados às suas soluções de cloud, minimizando as lacunas de qualificações associadas ao novos requisitos e oportunidades de trabalho.

Chegam ao fim as Certificações Microsoft baseadas em Tecnologia

No seguimento do que já foi apelidado de “Certapocalypse”, no final do passado mês de fevereiro, a Microsoft anunciou o fim das certificações Microsoft Certified Solutions Associate (MCSA), Microsoft Certified Solutions Developer (MCSD) e Microsoft Certified Solutions Expert (MCSE), as suas certificações baseadas em tecnologia. Os exames associados a estas certificações irão deixar de estar disponíveis a partir de 30 de junho de 2020.

O que acontece então a quem está neste caminho de certificação? Terá de realizar todos os exames necessários à respetiva certificação até 30 de junho de 2020. Alcançando a certificação até essa data, ela manter-se-á ativa no registo de certificações durante 2 anos, em linha com a validade atual das certificações Role-Based.

Se ainda não iniciaste o teu caminho de certificação, recomendamos que invistas já numa certificação Role-Based equivalente. O mapa abaixo, divulgado pela Microsoft, pode ajudar-te a perceber qual a mais adequada.

Se quiseres conhecer os caminhos de certificação Role Based disponíveis atualmente, podes fazê-lo aqui.

 

Quer isto dizer que as certificações de Windows Server ou SQL Server deixam de existir? Sim, exatamente. O que a Microsoft nos diz é que conteúdo de Windows Server 2019 ou SQL Server 2019 será incluído nas certificações Role-Based, conforme este for sendo necessário para determinadas funções, nomeadamente nas soluções Azure nas áreas Infraestrutura, Aplicações, Dados ou AI.

Apesar das certificações irem ser abandonadas, não há qualquer indicação que os cursos oficiais nestas tecnologias deixem de estar disponíveis, pelo que continuaremos a ter a possibilidade de desenvolver competências nestas áreas, apesar destas não contribuírem para a obtenção de uma certificação.

 

Fora destas alterações, estão as certificações Microsoft Office Specialist (MOS) e Microsoft Technology Associate (MTA), que apesar de serem certificações de produto, continuarão disponíveis.

 

Com a evolução das certificações Role-Based da Microsoft, iremos ter seguramente muitas novidades nos próximos meses. A Rumos, como parceira de formação Gold, irá continuar a acompanhar e disponibilizar essas novidades às organizações e profissionais portugueses.